For information on COVID-19 in Florida, click here.

    Seu Guia Para As Fontes Naturais Da Flórida

    De pequenas nascentes conhecidas apenas por exploradores de sertões a fontes gigantescas como Wakulla, Manatee e Silver Springs, as 700 fontes naturais da Flórida estão entre as maiores maravilhas do mundo.

    Mergulhar ou fazer snorkel nas fontes da Flórida é experimentar uma sensação sobrenatural, um voo leve por um jardim subaquático moldado por águas claras, formações rochosas semelhantes a gnomos, peixes e plantas aquáticas por toda a parte. "São lugares mágicos para o consolo da alma", disse Margaret Ross Tolbert, que mergulhou nas fontes e as pintou por quase três décadas. Ela encontra nelas um elemento rejuvenescedor, talvez semelhante à lendária fonte de Ponce de Leon.   "A experiência de estar nas fontes é um tipo de harmonia extática", disse Tolbert. "Em outros momentos da vida, às vezes sentimos isso, emocional e espiritualmente, como se tudo e todos estivessem pulsando com a mesma energia, fluxo e esplendor. A fonte é a experiência, o modelo, a metáfora e a ilustração desse êxtase", disse Tolbert.

    Essas fontes variam de pequenas nascentes conhecidas apenas por exploradores de sertões a fontes gigantescas como Wakulla, Manatee e Silver Springs, conhecidas como fontes de "primeira magnitude" porque descarregam mais de 65 milhões de galões de água por dia.

    Muitas oferecem natação, snorkel, mergulho, fotografia, acampamento, canoagem, tubing ou caiaque na água com uma temperatura média constante de aproximadamente 22 graus Celsius. Silver Springs e Wakulla Springs oferecem passeios de barco com fundo de vidro. Rainbow Springs, perto de Dunnellon, é frequentemente considerada a mais bonita das 33 fontes de primeira magnitude do estado, mais do que qualquer outro estado ou país.

    A visita de algumas horas a qualquer uma das maravilhas borbulhantes da Flórida pode revelar uma composição viva de plantas e animais selvagens. As criaturas vistas com frequência incluem peixes-boi, lontras, a dissimulada siren lacertina, semelhante a uma enguia, tartarugas almiscaradas, gars da Flórida e talvez jacarés, que precisam de muito espaço. A fita-do-mar, o delicado e pálido lírio-aranha e os majestosos ciprestes do brejo ajudam a formar a variedade biológica que faz parte do caráter da Flórida. Restaurar e preservar as fontes e toda a vida que há nelas é um dos objetivos de Tolbert. Fazer isso significa aprender sobre elas de várias perspectivas, o que está entre os objetivos do livro AquiFERious, disse ela. "Eu gostaria que as pessoas mergulhassem na arte e nas ideias que compõem o livro e na jornada do artista, assim como mergulham nas fontes", disse Tolbert. "Eu gostaria dessa mudança de paradigma de considerar arte e ciência como iluminadoras da realidade, talvez com a perspectiva poética sendo a única maneira de entendê-la completamente.

     

    Slip under the surface of one of its seven cool and gin-clear springs, and it’s easy to see what makes Ginnie Springs one of the best places to snorkel in Florida.

    Ginnie Springs

    - Kevin Mims para o VISIT FLORIDA

    Manatees in freier Wildbahn

    Homossassa springs

    - VISIT FLORIDA

    Park visitors take in the inviting waters and riverboat tours of Wakulla Springs.

    Wakulla Springs

    - Contributed Photo

    Two men kayaking on river in silver springs state park

    Silver Springs

    - Jason Frankle e Scott Wesson

    O aquífero Floridan

    O nome técnico deste calcário poroso predominante na península da Flórida – em alguns pontos com milhares de metros de espessura – é o aquífero Floridan. Dezenas de milhares de anos atrás, quando a massa de terra da Flórida emergiu do mar, o calcário “aprisionou" a água do mar.

    O calcário exposto coleta água doce e, sob essa lente de água doce, a rocha contém água salgada. Ao longo dos anos, as chuvas e a água doce começaram a formar túneis e cavidades, acumulando-se no que se tornaria um reservatório gigante. Em algumas áreas, onde a crosta é fina, a água borbulha para a superfície.

    O resultado são mais de 600 fontes de água doce. Algumas são pequenas, quase desapercebidas, enquanto outras são grandes o suficiente para bombear milhões de galões de água por dia, o suficiente para alimentar um grande rio. Os primeiros humanos se reuniam em torno das fontes, onde se alimentavam de mastodontes, mamutes, preguiças-gigantes, tatus-canastras e castores. Hoje, os mergulhadores às vezes encontram ossos e dentes, bem como ferramentas da idade da pedra dessa era esquecida.

     

    A atração turística “original”

    Em 1860, os primeiros barcos a vapor subiram o Rio Ocklawaha e depois o Silver Run, que foi alimentado por uma das lendárias maravilhas naturais da Flórida. Os turistas adoravam ver peixes, tartarugas e lontras nadando nas águas frescas e límpidas. Quase duas décadas depois, um homem de ideias avançadas chamado Hullman Jones aproximou os visitantes um pouco mais dos animais ao instalar uma câmara de visualização de vidro no fundo plano de uma canoa. Agora, graças a esse "barco com fundo de vidro", as pessoas sentiram que podiam praticamente nadar com as criaturas que brincavam nas águas do rio e da fonte. Silver Springs logo se tornou uma das atrações turísticas mais populares nos Estados Unidos. Em 1916, Hollywood filmou um filme mudo, "Os Sete Cisnes" em Silver Springs, mas foi somente nas décadas de 1930 e 1940, quando Johnny Weissmuller filmou aí o primeiro dos seis filmes "Tarzan" que o local realmente se tornou conhecido mundialmente. Outros filmes, incluindo o clássico de terror “O Monstro da Lagoa Negra" e a popular série de televisão “Aventura Submarina", vieram em seguida.

    Hoje, Silver Springs ainda mantém muito do seu charme original. Os visitantes ainda fazem fila para fazer os lendários passeios de barco com fundo de vidro, e caiaquistas e canoístas adoram começar no Silver River State Park para remar até as fontes.

     

    Parques estaduais da Flórida

    Embora algumas fontes sejam de propriedade privada, a Flórida possui 15 parques estaduais que preservam e protegem o acesso público ao aquífero. Na região noroeste da Flórida, o Ponce de Leon State Park tem uma fonte principal que produz 14 milhões de galões de água revigorante com a temperatura de 20 graus Celsius todos os dias.  Um mergulho nessa "fonte da juventude" com certeza fará com que você se sinta alguns anos mais jovem. Perto das cidades de Suwannee e Fanning, o Fanning Springs State Park, um centro da Suwannee River Wilderness Trail, é frequentemente visitado por peixes-bois que nadam da costa para aproveitar a água de 22 graus Celsius durante todo o ano. Fanning Springs é também um local de natação favorito para os moradores atraídos pelo fascínio das águas azuis profundas. O parque Wes Skiles Peacock Springs State, localizado a cerca de 26 quilômetros de Live Oak, a capital mundial de mergulho em cavernas, tem duas fontes principais, uma nascente e seis sumidouros, todos mantidos em sua condição natural. Com mais de 8.500 metros de passagens subaquáticas, um dos sistemas de cavernas mais longos do território continental dos Estados Unidos, este parque estadual é um local de encontro de exploradores subaquáticos.

    Uma das maiores, mais profundas e famosas fontes da Flórida (graças a uma expedição da National Geographic há alguns anos) é a do Edward Ball Wakulla Springs State Park, ao sul de Tallahassee. Com plataformas de natação e uma torre de mergulho, o parque é um ponto de natação popular. Os visitantes também podem embarcar no parque para um passeio de barco pelo Rio Wakulla.

     

    STRATEGIC ALLIANCE PARTNERS