O Quarteirão Mais Divertido de Jacksonville: Park Street em Five Points

     

    Por Janet K. Keeler

    Jacksonville é uma cidade ampla e dispersa. Com 890.000 habitantes, é a mais populosa da Flórida. É também a maior cidade em termos de território dentre os 48 estados inferiores, ocupando 1.942 quilômetros quadrados.

    Portanto, recomendamos que os visitantes conheçam a cidade por partes. Fazemos isso encontrando um bairro exclusivo e um quadra legal para conhecer. Park Street, no bairro Five Points, combina o sabor da velha Jacksonville com uma atmosfera boêmia. O local oferece o suficiente para passar o dia inteiro e, talvez, até a noite, especialmente se deseja visitar o Cummer Museum e seus belos jardins.        

    Five Points fica à beira do Rio St. Johns com o núcleo do centro nas margens norte e sul e sua massa de edifícios altos nas proximidades. Jacksonville conta com várias seguradoras e instituições financeiras. O TIAA Bank Field, o estádio dos Jacksonville Jaguars, fica mais ao leste do rio e as praias da Primeira Costa mais além. Todas essas atrações são interessantes, mas uma caminhada na Park Street é um tipo de experiência diferente e uma forma gerenciável de conhecer a metrópole agitada.

    Five Points ocupa um lugar especial no bairro histórico de Riverside, que é maior. O nome vem de um cruzamento que resulta em cinco ruas. Não o chame de rotunda nem de círculo de tráfego porque há alguns sinais de parada, o que significa que o tráfego não flui continuamente. Prepare-se para estar um pouco confuso enquanto entende o cruzamento e, se não estiver, pode ser que o motorista à sua frente esteja. Considere isso parte do charme do local.          

    Quando você se afasta de St. Johns, o bairro se torna residencial e fãs de shows de procura de casas para comprar na HGTV vão querer conferir as ruas arborizadas. Muitas das casas do bairro foram construídas no início do século XX e, desde então, foram reformadas para se tornarem exemplos gloriosos do estilo de arquitetura de casas de fazenda tipo bangalô. Hoje, Jacksonville tem a maior coleção desses tipos de casas no estado.          

    Depois de dirigir para ver as casas, encontramos um lugar para estacionar na Park Street e começar a explorar. Temos reservas para jantar cedo e um encontro para um drinque antes do jantar no restaurante River & Post no rio, mas ainda temos muito tempo para conhecer a cidade.           

     

     

    Sun Ray Cinema

    Os visitantes entram e saem do Sun Ray Cinema no bairro Five Points de Jacksonville. O cinema mostra muitos filmes independentes e serve cerveja e vinho.

    - Scott Keeler para o VISIT FLORIDA

     

    A exposição na calçada da Five Points Antiques and Collectibles nos faz parar imediatamente. Cadeiras de mesas de jantar da década de 1950 encontram um lugar perto de globos antigos, patos de madeira chamarizes e muitas pulseiras e colares. Dentro, uma série de tendas, cada uma com seus próprios artigos vintage, oferecem novos encantos para alguns compradores e memórias para outros. “Acho que me desfiz de alguns desses itens há 40 anos”, disse um comprador. Um casal jovem fica maravilhado com discos antigos, examinando as capas e o texto no verso.

     

    Park Street no bairro Five Points em Jacksonville.

    Uma variedade de artigos é oferecida na Park Street no bairro Five Points em Jacksonville.

    - Scott Keeler para o VISIT FLORIDA

     

    Próximo ao empório de antiguidades está o Sun-Ray Cinema, um cinema tão distinto quanto possível dos complexos múltiplos tão comuns atualmente. Este local oferece entretenimento há 90 anos, e agora os clientes podem ver filmes de arte raramente apresentados em grandes complexos de cinema, além de estreias ocasionais. O cinema oferece um menu eclético, muito além do que é habitualmente oferecido em cinemas, incluindo homus e palitos de legumes, um sanduíche cubano “totalmente não autêntico” e tofu bahn mi. Jantar e cinema sob o mesmo teto.         

    Brew Five Points nos atrai com a promessa de chá e cerveja. Uma jovem no balcão toma café quente enquanto tricota uma capa de almofada. Ela mantém seu trabalho organizado enquanto pede outra dose de cafeína. É oferecida cerveja local em lata e chope, além de outras marcas conhecidas. O local oferece café da manhã, almoço e jantar. A torrada vai além de manteiga e geleia, com ofertas como Forever in Blue Jeans (pasta de amendoim e tahine, banana, raspas de chocolate amargo e xarope de agave) ou Don’t Call It a Comeback (queijo de cabra, geleia de pimenta Datil, rúcula e mel). Nós nos adaptamos ao sustento líquido entre clientes com os olhos fixos em suas telas, celulares e laptops.           

    Suficientemente hidratados, entramos e saímos de outros estabelecimentos, incluindo Edge City e Jane Doe Boutique para roupas femininas e Bark, que se identifica como uma “butique para animais de estimação urbana e moderna”. Há lugares para fazer tatuagem, permanente e com henna e muitos outros lugares para comer e beber.            

    Guardamos nosso apetite para o River & Post, que não fica na Park Street, mas a uma curta distância. Há um salão na cobertura e um restaurante no térreo, e nos dirigimos aos elevadores primeiro. O restaurante fica na Riverside Avenue com a Post Street em um edifício de escritório não identificado. Sua existência representa uma mudança para a área na qual edifícios antigos se misturam com novas empresas e moradias. No salão, socializamos com jovens profissionais tomando drinques e comendo petiscos após o trabalho com vista do Rio St. Johns e o núcleo do centro da cidade na margem sul.            

    Um prato de charcutaria com carnes curadas, queijos, picles e nozes harmoniza muito bem com coquetéis, um com bourbon, o outro com gin. Apostamos que isso não vai estragar nosso apetite porque estamos de olho em alguns pratos mais substanciosos do cardápio. Camarão com grits (creme de milho) local de Mayport é um deles. Hanger steak au poivre é outro.            

    Não foi sem razão que fizemos a reserva para jantar cedo. A apresentação das 20h30 do Sun-Ray Cinema atrai. Onde mais além de um enclave boêmio new-wave você pode ver The Miseducation of Cameron Post no cinema?

    STRATEGIC ALLIANCE PARTNERS