Guia de Passeios pelas Artes na Flórida

    Por Shayne Benowitz

    As cidades, grandes e pequenas, atraem multidões para galerias, museus e parques enquanto transformam essa atividade em uma rica experiência social.

    Desde o centro de grandes cidades até pequenas cidades históricas, a Flórida está cheia de oportunidades de experimentar a arte local original e internacional representada por artistas conhecidos. Todos os meses, cidades de todo o estado reúnem amantes da arte e turistas curiosos para uma celebração dos melhores artistas, galerias e museus.

    Seja observando o porto de uma colina verde perto do Museu Dalí, no centro de St. Petersburg, percorrendo o labirinto da arte grafiteira no Wynwood Art District de Miami ou apreciando as galerias na White Street ao pôr do sol perto do arsenal histórico em Key West, cada passeio retrata um cartão postal de cada cidade.

    Este é um resumo dos passeios artísticos no estado da Flórida que começam com o dia da semana:

    Primeira quarta-feira do mês: “First Wednesday Art Walk”, 17h - 21h. Jacksonville

    A praça central Hemming em Jacksonville, localizada em frente ao Museu de Arte Contemporânea de Jacksonville (MOCA), serve como o centro do passeio artístico da First Wednesday Art Walk com apresentações e ao vivo e pop-up stores (lojas temporárias) de artistas locais que exibem desde joias artesanais a pinturas. Abrangendo cerca de 15 quarteirões da cidade, este passeio artístico atrai aproximadamente 6.000 pessoas por mês a cerca de 40 espaços culturais, de acordo com Liz Grebe, assistente de marketing e eventos do Downtown Vision, um grupo sem fins lucrativos que organiza o passeio.

    Além do MOCA, a Biblioteca Principal de Jacksonville, a Snyder Memorial Church e Juice — A Jen Jones Gallery, o programa “Off the Grid” usa as fachadas vazias do centro da cidade para instalar estúdios de arte e galerias temporárias, como o 111 E. Bay Street Studio que atualmente é ocupado por dois artistas e um estúdio de dança.

    A Central Fire Station, que abriga eventos artísticos sem fins lucrativos com artistas e música todos os meses, é um passeio artístico bem atraente. Os bares e restaurantes famosos da área incluem o Indochine, Burrito Gallery e o Bar Burro.

    “Esta área atrai gente muito bacana”, conta Grebe. “Mas o tema do Passeio pelas Artes atrai uma mistura de famílias, crianças, jovens e idosos que querem ver arte”.

    Terceira quinta-feira do mês: “Walk on White”, das 18h às 21h, Key West

    Dentro do Arsenal histórico da White Street estão os Studios of Key West, um bastião de arte e cultura. Com o apoio a artistas de estúdios locais e um programa de residência internacional, a organização oferece a 35 artistas por ano uma estadia de um mês para trabalhar em seus próprios projetos ou para colaborar com outros.

    O calendário dinâmico de eventos e cursos inclui cerca de 24 exposições anuais e o Walk on White na terceira quinta-feira do mês, que serve como recepção para muitas dessas exposições.

    “A beleza natural da ilha, seu legado como um destino artístico e seu toque boêmio continuam a atrair artistas para Key West hoje”, comenta Elena Devers, diretora executiva interina dos estúdios. O “Walk on White” é uma recepção aberta onde os participantes podem encontrar artistas dentro de seus estúdios e pequenas casas, ver as exposições do momento e visitar o jardim de esculturas.

    Outras galerias próximas, incluindo a Harrison Gallery e a Stone Soup Gallery, também mantêm suas portas abertas à noite.

    Primeira sexta-feira do mês: First Friday Artwalk, das 17h às 21h Saint Augustine

    Uma das paradas obrigatórias durante o Artwalk da primeira sexta-feira de St. Augustine é a Butterfield Garage Gallery de Jan Miller. A artista nascida em Chicago abriu sua galeria como um espaço cooperativo em 1999 e hoje exibe o trabalho de 29 artistas.

    “A cidade inteira vem para o Artwalk”, declara Miller. “É uma cidade pequena, uma cidade querida e também histórica. A boa notícia é que é fácil se locomover a pé e temos até um ônibus gratuito que faz paradas em diferentes pontos do trajeto.

    Administrado pelas Art Galleries de Saint Augustine, o passeio pelas artes inclui 15 galerias no centro de Saint Augustine. Outros locais a visitar são o Lightner Museum e o Crisp Ellert Museum, ambos com obras de renome nacional e internacional, bem como a Pasta Gallery que apresenta obras de artistas regionais.

    Se quiser comer fora, o Café Cordova localizado na histórica Casa Monica é uma maneira muito agradável de terminar a noite.

    Primeira sexta-feira do mês: Gallery Hop no Railroad Square Art Park, das 18h às 21h. Tallahassee

    O Railroad Square Art Park no centro de Tallahassee é uma comunidade de artistas e artesãos que vivem e trabalham em uma área de 10 acres do parque perto da Florida State University e da Pasta Gallery. A Railroad Square, que já foi uma serraria e uma ferrovia industrial, começou a se transformar em uma comunidade artística em meados da década de 70.

    Atualmente, o passeio First Friday Gallery Hop atrai uma multidão diversificada de quase 8.000 pessoas, uma mistura de estudantes universitários, famílias e jovens profissionais que vêm para desfrutar a música ao vivo e os food trucks que estacionam lá. Os lugares que fazem sucesso incluem a 621 Gallery de arte contemporânea, a loja retrô The Other Side e Tasty Eats. Este último é um vagão de trem que foi transformado em restaurante de comida vietnamita, o conta com um palco e um “jardim da cerveja”. Existe até um estúdio de dança do ventre, cujas bailarinas incentivam o público a participar.

    Primeiro fim de semana: Village of the Arts, sexta-feira das 18h às 21h30, sábado das 11h às 16h. Bradenton

    Outro espaço peculiar onde os artistas trabalham juntos e moram em cerca de 350 casas é a Bradenton Village of the Arts, onde 35 delas são galerias, estúdios, restaurantes e lojas abertas ao público.

    A artista Linda Bronkema, presidente da Artists Guild of Manatee County e proprietária da galeria Bits & Pieces, descreve a comunidade como uma “cesta de Páscoa” por causa das casas em tons pastel. Sua galeria exibe pinturas em acrílico, arte em colchas e decorações para a casa.

    Normalmente, os passeios artísticos atraem adultos em busca de peças exclusivas e que percorrem galerias como a Hearts Desire, Divine Excess e Cross Stitch Magic. Até os restaurantes Charisma Cafe & Art e Sweet’s Bakehouse exibem a colorida arte local.

    Segundo sábado do mês: passeie pelas galerias de arte em St. Petersburg, das 17h às 21h

    Nomeada como a cidade das artes nº 1 por três anos consecutivos na categoria de população de médio porte pela revista American Style, St. Petersburg é um centro cultural com instituições à beira-mar, como o Museu de Belas Artes (Museum of Fine Arts), o Museu Dali (Dali Museum) e a Coleção Chihuly (Chihuly Collection) no Centro de Artes Morean (Morean Arts Center).

    O distrito das artes se estende por 30 quarteirões de leste a oeste da costa e inclui cerca de 25 galerias. Os moradores geralmente escolhem algumas das galerias que lhes interessam por mês e, em seguida, alternam com outras ao longo do ano. O bonde Central Avenue Trolley circula a área e custa 0,50 centavos.

    As galerias participantes incluem artistas conhecidos como Duncan McLellan, o Studio and Craftsman House da pintora local Carrie Jadus, de propriedade de Jeff Schorr, presidente da Downtown Arts Association.

    “Geralmente, as galerias fecham por volta das 17 ou 18 horas”, informa Schorr. “Se as pessoas estão trabalhando, não podem ir durante a semana, então (a caminhada pela galeria) permite que elas aproveitem uma noite especial de arte que também se transforma em um evento social”.

    Ale & the Witch é uma das paradas famosas para uma cerveja e música ao vivo no pátio ao ar livre.

    Segundo sábado do mês: Wynwood Art Walk em Miami, das 19h às 22h

    As linhas verticais coloridas na fachada da Robert Fontaine Gallery, no coração do distrito de arte de Miami em Wynwood, combinam-se delicadamente com as ruas vívidas e a arte do grafite do bairro que renasce. A Fontaine Gallery exibe desde a arte pop contemporânea até a arte dos anos 60, com foco em novas tendências estabelecidas, artistas de museus como Jud Nelson, Ed Ruscha e Roy Lichtenstein.

    Durante qualquer passeio artístico no segundo sábado do mês (Second Saturday Art Walk), Fontaine recebe cerca de 10.000 pessoas em sua galeria. A atmosfera é animada com a calçada da NW 2nd Avenue repletas de diversão, food trucks, galerias e, geralmente, também música ao vivo ou DJs.

    As galerias Acasco Gallery, a Dorsch Gallery e a Gallery Diet destacam-se entre os cerca de 70 estabelecimentos da região. Lojas como Plant the Future e Elemental são uma parada indispensável.

    Os lugares favoritos para jantares incluem Wynwood Walls e Wynwood Kitchen, restaurantes que atendem clientes no que antes era um armazém ou parque ao ar livre com murais cobertos de grafite criados por artistas conhecidos como Shepard Fairey, Retna e Ryan McGinness.

    Shayne Benowitz é uma escritora freelance que mora em Miami Beach. Siga-a no Twitter @ShayneBenowitz.

    STRATEGIC ALLIANCE PARTNERS