Vida Noturna: Os embalos de Miami à noite

ADD TO FAVORITES
As noites de Miami têm muito a oferecer aos visitantes, não importando de onde venham ou quais sejam os seus anseios, expectativas, sonhos e ambições.

As noites de Miami têm muito a oferecer aos visitantes, não importando de onde venham ou quais sejam os seus anseios, expectativas, sonhos e ambições. Em verdade, o difícil é escolher entre a imensa variedade de alternativas. A Cidade Mágica nunca dorme e reserva deliciosas surpresas para todos aqueles que se dispuserem a conhecê-la após o pôr-do-sol.

South Beach

De fato, a variedade de opções é praticamente infinita mas garanto-lhes que nenhuma noitada em Miami seria completa caso não incluísse ao menos uma passagem pelo bairro art déco, em South Beach, ponto onde a noite de Miami pega fogo.

Em um trecho de doze quarteirões ao longo da Ocean Drive — avenida litorânea que lembra muito a Avenida Atlântica antes do calçadão — pulsam os ritmos da salsa, do jazz, da techno e, também, da onipresente MPB. Pontilhada de bares, hotéis e cafés, freqüentada pela fina flor da juventude local, o lugar fervilha de animação e adrenalina. Em meio à multidão descontraída formada por gangues de jovens de diversas tribos, motoqueiros, funqueiros, rappers, vendedoras de cigarros que parecem saídas de algum episódio de Guerra nas Estrelas, performers com suas correntes, algemas, sucuris albinas e araras multicores, é fácil entender porque South Beach é o centro da vida noturna da cidade.

Caminhando ao longo da Ocean Drive é possível ouvir uma babel de idiomas, do russo ao português, do francês ao croata, e cruzar com as pessoas mais bonitas e exóticas do planeta. E embora os restaurantes fechem as cozinhas muito cedo, alguns bares só encerram o expediente às 6:00!

Aliás, cabe aqui uma pequena advertência, que vale para qualquer boêmio brasileiro, tanto nesta quanto em qualquer outra cidade dos EUA: jante cedo... ou, do contrário, não jante mais. Deixe o cinema, o teatro, o clube noturno e a discoteca para depois. Tenha sempre em mente que o norte-americano médio distribui as suas refeições de modo diferente do seu e a maioria dos restaurantes começa o jantar às 16:00 e o encerra às 22:00, no mais tardar às 23:00.

Little Havana

Mas Miami não é apenas South Beach, e sua noite feérica reserva outras muitas surpresas aos seus apaixonados freqüentadores. Os entusiastas da música latina, por exemplo, não poderiam estar mais bem localizados. A cidade possui uma ampla variedade de clubes noturnos fiéis à tradição do famoso Cabaret Tropicana, de Havana, lugares onde é possível ouvir música caribenha de excelente qualidade.

Se esta é a sua praia, meu conselho é que planeje a sua viagem de modo a poder ir à Calle Ocho — a 8th Street — na última sexta-feira do mês, oportunidade em que encontrará o lugar literalmente em festa, com exposições de obras de arte, espetáculos musicais, de dança e de performistas de rua. O evento chama-se Viernes Cultural, ou Sexta-Feira Cultural, em português, uma autêntica Festa da Raça, trescalando latinidade por todos os poros.

Durante uma semana de março, o Viernes Cultural culmina no Carnaval Miami, a maior festa de rua dos EUA. A celebração reúne mais de um milhão de visitantes vindos de todas as partes do mundo para comer, dançar e assistir apresentações das maiores estrelas da música latina. A festa, já incluída no Livro Guinness dos Recordes, é um evento imperdível.

Downtown

Embora nem tão agitada quanto South Beach ou Little Havana, Miami Downtown é uma região que vem despertando para os agitos da vida noturna. Pouco a pouco o Biscayne Corridor e o Design District têm visto a inauguração de bares, clubes noturnos e lounges sofisticados, que fornecem aos visitantes a opção de uma noite mais “chique”, com direito a tapetes vermelhos e jazz ao piano de cauda.

Afora o pop, o latino e o jazz dos pianos-bares, a noite de Miami também oferece uma enorme variedade de programas culturais mais “clássicos”, incluindo cinemas e casas de espetáculo de alto nível e, até mesmo — para a surpresa daqueles que pensam que Miami é feita apenas de sol, praia e martinis vespertinos — um corpo de baile, uma orquestra sinfônica e uma companhia de ópera de nível internacional.

Divirtam-se!


Sponsored listings by VISIT FLORIDA Partners

Comments

You are signed in as:null
1 comment